24.9.08

Sobre sonhos e sopro (III)

(olhares.com)


Para minha borboleta

Pensamentos como cabelos soltos em lua molhada. Barulho de chaleira. Na caneca um chá sem açúcar. No pires ao lado... petit-fours sabor brigadeiro.


No rosto, lágrimas costuradas com sombra de árvore. Papéis amarelados nas gavetas. Bilhetinhos atrás da porta. Brinco pendurado a cintilar na orelha. Gosto de batom na boca e saliva salgada.


Na cama eu dormia. No corredor ele a me espiar.


Pela fresta dos meus sonhos; uma festa de casamento. Eu de vestido florido branco e lilás a receber parabéns pelos bolinhos de bacalhau. Ele a se encharcar de alegria no amarelo da cerveja. Risadas na calçada. Mesas bem arrumadas e bem casados delicadamente expostos numa bandeja de prata.


Na valsa dos noivos, mais uma vez, eu - sem conseguir desviar meus pés dos dele. Eu a pisar no pé dele rindo compulsivamente. Os dois à rodopiar na pista. Narizes e bocas cada vez mais perto. Partes íntimas a se esbarrar. Os corpos; um todo a dançar num ritmo contrário a música.

Respiração rock n’roll e a vontade de sair dali daquele meio de salão.


Um despertar plena de sono. O ver que ele parado ainda me olhava pela fresta existente entre a porta e o batente. De seus olhos escorria um brilho há muito perdido no tempo. Eu sonhando com uma festa de casamento. Ele lá em pé entre a porta e o corredor. Uma linha imaginária a nos conectar e aquela vontade de fugir desperdiçada no tempo. Respiração ofegante.


Soube ali no instante de um olhar, entre o piscar de olhos de um depertar sonada, que ele me amava.


Assim...


...acordei cantando. Afastei as cortinas e deixei o sol entrar pela janela.

Um comentário:

DA UMA DIKA! disse...

LINDINHA TO CHEIO DE SAUDADE DE VC JÁ!
SEM TE PEDIR PEGUEI SEU TEXTO E COLOQUEI NO MEU FOTOLOG CLRO Q DITO POR JULIANA

AMEI CONHECER VC
ME ADICIONE AO MSN!
ADRIANO.ILHA@HOTMAIL.COM

ADRIANO!