24.8.09

Mantenha distância dos fofoqueiros

Fazer fofocas, difamar e falar mal dos outros mostra que estamos julgando o comportamento alheio. Achar graça do infortúnio de alguém que não conseguiu seus intentos, revela uma tentativa de se sentir superior, melhor ou mais inteligente.

Indivíduos que se preocupam em excesso com o que os demais fazem, acabam por não cuidar com atenção de seus próprios passos e, muitas vezes, perdem a dimensão de seus atos, pois se acham acima de qualquer atitude condenável. Se assim não fosse, teriam mais cuidado em censurar aqueles cuja forma de ser parece inadequada, ridícula ou desequilibrada.

Pessoas sensatas, e que se respeitam, evitam a proximidade de fofoqueiros, pois percebem que futuramente elas mesmas poderão ser alvo de mexericos e bisbilhotices.

Além de se tornar antipática e malquista, a pessoa que faz fofocas perde a grande oportunidade de ajudar a quem está com dificuldades, seja dando-lhe uma boa palavra, sugerindo uma nova solução ou mesmo propondo uma maneira diferente de agir.

Fofocar é um vício terrível, pois o mexeriqueiro acaba por seduzir aqueles que, ávidos por saberem o que está acontecendo na vida dos outros, procuram informações indevidas, aquelas que só um leva-e-traz pode fornecer em primeira mão. É uma maneira de se tornar interessante, de trocar amizade por dados, muitas vezes sigilosos.

Por isso, todo cuidado é pouco, no caso de se conviver com pessoas maledicentes. Elas não estão conscientes de que quem joga lama nos outros, fica com as mãos sujas.

DAQUI

3 comentários:

pazktrobdapdrohenedraridradoquem disse...

Por isso jogamos flores ...

Juliana Porto disse...

Para os fofoqueiros: beijomeliga!

=***

Louise disse...

oi, off topic... valeu por me linkar!
=)

constantly talking isn't necessarily communicating