26.12.06

E eu acho que sou...

INDIE
"Os indies são jovens que adoram rock - melancólico,
barulhento ou eletrônico -,
moda e comportamento importados."
E eu: Amei a "FunHouse"! - que é considerada :
Revista Playboy uma das 28 melhores baladas de SP
Noitada Rock and Roll : "Dá para apreciar a FunHouse sem ser do esquema indie. O som - rock alternativo de primeira - faz as belas roqueiras racharem o piso de tanto pular na pista pequena. Parece festa boa da faculdade."
O Melhor da Cidade(Guia Veja São Paulo - 2003/2004)
"Inaugurado há pouco mais de um ano, tornou-se um dos clubinhos mais queridos da moçada alternativa. Na pequena pista de dança, jovens de 20 e poucos anos se esbaldam ao som de indie rock. Às sextas e sábados, bandas ao vivo garantem a animação. No piso superior fica o lounge, com uma jukebox recheada de CDs."
Superguia da Noite(Revista VIP - 2002/2003)
"Para quem está cansado da supremacia das batidas eletrônicas, a dica é ir a esse simpático sobradinho da Bela Cintra. Lá é possível curtir o mais puro rock'n'roll. Na pequena pista quadriculada, os roqueiros de plantão se soltam ao som que vai dos Stooges (cujo segundo disco dá nome à casa) aos Strokes. O aconchegante lounge, improvisado no andar de cima, abriga um colorida jukebox que dispara mais rock'n'roll."
-AQUI no Rio...precisamos de uma... sim! sim! sim!
-Até pq nesses dias que passei em SP- me acharam com cara de no máximo 19, 20 anos... - acho que os ares da terra da garoa me fizeram bem! *rsrsrsrsrsrs

Um comentário:

Saulo Jacques disse...

sim sim!!!

roooock! abaixo essa moda de quantidade musical superficial demais!

cresci com iron butterfly e beatles, cresci com pink floyd e velvet underground quando nem eram moda e quem ouvia era como o "errado" do grupo!

queremos uma dessa sim! ão mais carinhas tristes sem estar, cansei do ar disperso só pra fazer cena!

estou vivo sim, pena não ter conseguido chegar a tempo pra ir ao beco! =(

ano que vem prometo ser mais presente e falante! hehehhe

beijins apertados