12.12.06

Leminski

Estupor

Esse súbito não ter
Esse estúpido querer
Que me leva a duvidar
Quando eu devia crer
Esse sentir-se cair
Quando não existe lugar
Aonde se possa ir
Esse pegar ou largar
Essa poesia vulgar
Que não me deixa mentir
Leminski

Um comentário:

Mônica Montone disse...

Menina, que louco, não conhecia esse poema e é a segunda vez que leio ele, hoje... Será que o universo está tentando me dizer algo? rs*

beijos

MM

www.finaflormonicamontone.blogspot.com