6.12.06

Flores Roubadas (de Maris para Mim)

Não jogue tantos cravos no caixão vazio.
Roube margaridas,
flores de rua e
dê para ele ou ela sem nada esperar.
Você tem tempo.
Tempo para ousar!

Um comentário:

maristotelica.blogspot disse...

Fica bom ver nossas dedicadas canções expostas!
Sabe, escrever para o outro é muito
bom! O outro q se ama
TE AMO