9.11.06

Desatino do destino

"é feito um prego enferrujado que custa os olhos da cara prá sair
paródia italiana de um fado,
braço arrancado que não quer sumir
é a pergunta para todas as respostas
a barraca de beijos da quermesse
é a facada que você leva pelas costas
porque merece."
Ivan Justen

4 comentários:

CrisEbecken disse...

Amei, amei, amei o blog novo!!! Saudades!

Alexandre França disse...

porra, dá onde este poema do Ivan q eu não conhecia??? Não sabia q ele era tão bom assim (heheheh). bjs

Anônimo disse...

poema dolorosamente fantástico. Fantástico.
Ele tem um blog..
Maristela

Anônimo disse...

tEM EMAIL OU BLOG DESSE CARA, JU...
MARIS