20.7.09

Feliz dia do amigo (Finalizando festejos)


...e hoje eu queria (devia?) escrever um texto bonito e bem inspirado sobre o valor dos amigos, da família - sobre a família que a gente escolhe; os amigos
e sobre a família que nos é dada (que segundo algumas religiões) - a gente também escolhe, mas na verdade estou tão "cabreira" com tudo - com todos. tão distante de mim que não posso estar próxima de ninguém neste momento.

me sinto sozinha - eu quero estar assim - sozinha - e flutuo entre solidão e solitude num automatismo tal que é aquela coisa rotina de escovar os dentes todas as manhãs ao acordar.

estou num estado botão automático de acender fósforos para aquecer a vida que tenho medo de mergulhar num incêndio tão grande que seja impossível conter.

ando no meio do incêndio e e tudo que quero é sair dele, mas eu acendi os fósforos na hora errada e tudo queima e não há escapatória e eu só queria viver em paz.

a maioria das pessoas não entende o sublime, não quer entender o coração do outro e só deseja dar ordens, "cagar regras" e fazer do outro, no caso - eu, um patinho perdido na lagoa.

um patinho que não sabe nadar. um robozinho teleguiado; sem pilhas. alguém idiota muito idiota que deve morar dentro de mim me faz sentir idiota, mil vezes idiota.

aí vem "uns alguéns" dizendo que me amam e me adjetivando tão agressivamente que a minha única vontade é dizer: - me ama menos então e deixa eu viver! - quando eu faço as minhas merdas eu faço e quando você faz eu não te julgo; então quem é você para me julgar e me adjetivar tão grosseiramente? - me ama menos, cacete!

eu nunca pedi para você(s) me amar(em).

eu sempre tentei ser amada e só. eu faço de tudo para ser amada, mas eu faço tudo errado e não devia fazer nada e devia ficar quieta e não devia me culpar e não me culpo

... e eu queria que você (s) me amasse(m) menos...
assim eu me sentiria mais amada, sabe(m)?


às vezes não são necessárias palavras para dizer eu te amo - só gestos e gestos e gestos... atitudes mesmo, por isso eu a cada dia que passa quero mais sumir do mundo e de todo mundo e recomeçar - numa casinha simples, com uma companhia simples, num lugar simples, uma vida simples, um trabalho simples... assim a vida seria menos complicada e aí você(s) vão poder dizer que me ama(m) sempre, porque eu estou longe e você(s) sente(m) saudades, saudades de mim e de quando eu estava por perto.

tem amigos de verdade que eu amo e sei que me amam.
não vou citar nomes, pois essas pessoas sabem bem quem são.
já dediquei poemas para elas.
são meus amigos (as) de verdade é ponto.

então, neste dia do amigo quem gosta de mim e se considera meu amigo (a) se manifeste.
eu sei muito bem quem eu posso considerar como tal.
esses (as) eu amo muito, de verdade e sinto saudades.

feliz dia do amigo para quem não me julga, para quem me entende e quer estar perto de mim em todos os momentos da minha vida.

feliz dia do amigo para aqueles que sempre souberam entender e dividir.

feliz dia do amigo para quem sabe o que é sofrer e para quem entende o que vive aprisionado dentro de mim - esses (as) são meus(inhas) amigos (as) de verdade e eu sei que posso considerar.

3 comentários:

Fabiana Motroni disse...

Minha linda perfumada,

Vamos combinar que quem nasceu pra cisne não é pato?

Nada contra os patinhos na lagoa, distraindo córneas alheias no parque. Mas você não é de parque, é de palco. Palcos de música e poesia, palcos da noite, palcos do dia: palco da vida.

E não se distraia com os que te adjetivam, você é substantiva. Você é, Jú.

Você é, sachêt. Você é sachêt.
Você é, mulher. Você é mulher.
Você é, amiga. Você é amiga.
Você é, poeta. Você é poetisa.
Voce é, poema. Você é poesia.

Minhas saudades suas, de vez em sempre
e nesse dia: Feliz Dia do Amigo!

Com carinho,
Fabi

Maysa Britto disse...

Feliz Dia do Amigo! Concordo com a Fabi, vc nasceu pra cisne...bjs

Louis ALLLien disse...

ah, minha querida, entendo perfeitamente o que existe fluindo dentro das tuas palavras e sentenças... amizade parece mais complexa do que se pensa e bem mais simples do que se imagina... solidão só faz bem se você está bem consigo mesma...
ninguém tem direito de julgar ninguém, mas constantemente o fazem... fica bem, embora não saiba se você me considera amigo, saiba que eu sim, me considero seu amigo, e você é minha amiga. quando precisar de uma força, já sabe!